Mantras e Mudras - técnicas para a mente, cantos e gestos

 MANTRA é uma palavra em sânscrito e seu significado é:  man é mente e tra significa controle. Assim mantra, é a combinação de sons que nos dá o controle da mente  ou também: Man mente e Tra alavanca

       É mais comum os mantras serem recitados por fins religiosos e devocionais. É  uma ferramenta poderosa e terapêutica.

                               COMO ATUAM OS MANTRAS?

O som exerce um poderoso efeito sobre nosso corpo e nossa mente. E pode nos acalmar, dar prazer ou ter influência  desarmoniosa, gerando uma sensação sutil de irritação.

 O mantra é ainda mais poderoso do que um som comum: é como uma porta que se abre para a profundidade da experiência. Visto que os mantras não têm sentido conceitual, não evocam respostas predeterminadas. Quando entoamos um mantra, ficamos livres para transcender os reflexos habituais. O som do mantra pode tranquilizar a mente e os sentidos, relaxar o corpo e ligar-nos com uma energia natural e curativa.

 

Em alguns sistemas hindus, diz-se que os mantras são sons primordiais que possuem poder em e por si mesmos. No tantra budista tibetano, os mantras não têm tal poder inerente — a menos que sejam recitados por alguém com uma mente focalizada, eles são apenas sons. Porém, para as pessoas com uma atitude adequada, os mantras podem ser poderosas ferramentas que ajudam no processo de transformação

                                                  OS MUDRAS

 

 

Nas práticas de Yoga são  realizados com a mente, as mãos, os pés, a boca, os olhos ou com o corpo todo. São muito nas danças indianas, pois fazem uma reverência a vários aspectos das divindades hindus e da natureza.

A palavra sânscrita mudra deriva de duas raízes, mud e ra, tendo diversos significados. Pode ser traduzida por deleite, alegria ou prazer, pois ao conectar as correntes de energia solar e lunar nos canais e centros energéticos ou psíquicos do praticante, esse experimenta a consciência do prazer. Segundo Dr. Gharote (2000), "um comentário de Raghavabhata no Sarada Tilaka 23:106 explica (...) que mudra dá uma sensação de bem-estar e felicidade."

Outro significado para mudra é magia ou encanto, pois, como num passe de mágica ou num encantamento, um determinado gesto corporal conduz o indivíduo a um respectivo estado de mente calma ou feliz. Assim, os mudras são também chamados gestos de poder.

Um gesto freqüentemente usado no Hatha Yoga para dar suporte à concentração e à meditação é o jñana mudra, símbolo da sabedoria ou do conhecimento, em que a ponta do indicador e a ponta do polegar se unem e ou outros dedos permanecem estendidos. O polegar representa a alma universal, e o indicador, a alma individual, que se unem para facilitar o estado interior de integração. Assim como este, existem outros mudras, com um simbolismo próprio.